Como criar o roteiro de produção industrial ideal

como-criar-roteiro-de-producao-industrial

No roteiro de produção é definida a lista de ações necessárias para a produção de um item. Além de possibilitar a documentação de todas as operações de fabricação com seus tempos de processo, máquinas e configuração, o roteiro tem um papel importante no controle de custos e na programação da produção.

Em qualquer tipo de indústria, o roteiro de produção ajuda na programação da produção, no controle do chão de fábrica e, até mesmo, na administração dos custos. 

A seguir, entenda como criar um roteiro de produção industrial adequado.

Como criar o roteiro de produção industrial ideal

1. Liste os materiais do produto acabado e de seus semi acabados em todos os níveis

A primeira etapa para a criação do roteiro é fazer uma lista completa dos materiais do produto acabado. Assim, é possível conhecer sobre a separação ligada a cada operação.

2. Mapeie e separe os centros de trabalho de acordo com cada setor de produção

É hora de pensar por quais setores de produção cada produto tem que passar para ser produzido. Depois disso, torna-se possível planejar onde ficará cada setor de produção para que fiquem em sequência.

3. Liste os recursos necessários para cada operação 

Identifique os recursos ou as máquinas que serão empregados nas operações de produção do item. 

4. Selecione as operações necessárias para a produção de cada produto 

Após identificar os materiais, os setores de produção e os recursos necessários para a produção do produto acabado, é preciso enumerar e descrever cada operação (etapa) do roteiro de cada produto. 

5. Anote os tempos de instalação e de operação para cadastrar o roteiro de produção

Neste ponto, o ideal é que seja realizado um trabalho de cronometragem dos tempos das operações, preferencialmente por um profissional com conhecimento no assunto. É importante também definir o tamanho dos lotes que serão avaliados pois medir o tempo de fabricação de uma unidade é diferente de medir o tempo do lote médio de produção do produto. Fundamental também medir os tempos de preparação ou regulagem de máquinas que necessariamente deverão ser alocados em campos específicos do ERP pois estes têm a característica de não variar em função do tamanho do lote. Com as informações em mão, então o sistema deve ser alimentado com os tempos previstos

6. Faça acompanhamento dos tempos efetivos para comparar com os previstos

Dessa forma, poderá fazer comparações entre o que foi realizado e o que foi planejado. Assim, os objetivos planejados com a configuração dos roteiros podem ser alcançados.

Methos Podcast

Conheça o Podcast criado por Especialistas Consagrados em Manufatura e Gestão para Organizar sua Indústria!

Cadastre-se para receber novidades!

Sobre a Methos

Formada em 1992, a Methos funde conceitos com necessidades reais e forma soluções prazerosas de utilizar e que contribuem para a organização da sua empresa.
Conheça o C2
Todos os direitos reservados  © 2020 Methos - Software de Gestão ERP na Nuvem para Indústrias.
Clique aqui para verificar nossa política de privacidade

Conecte-se com a Gente!