Planejamento das Necessidades de Materiais

Planejamento das Necessidades de Materiais

Quando falamos em Planejamento das Necessidades de Materiais (MRP) trazemos à tona uma ferramenta com potencial para contornar grande parte dos gargalos operacionais e produtivos de uma indústria.

Essa ferramenta gerencial tem ganho importância cada dia mais, principalmente em decorrência da evolução tecnológica. Com isso acaba se tornando indispensável para o planejamento do fluxo produtivo industrial.

Portanto, decidimos elaborar este conteúdo onde falaremos sobre o que é MRP, seus principais benefícios e como é o funcionamento na prática. Veja em detalhes como esse recurso transforma seus processos. Vamos conferir?

Por dentro do conceito de MRP e sua importância

O MRP (Material Requirement Planning) é um sistema que realiza toda a gestão que envolve os recursos e materiais exigidos em um processo de fabricação.

Esse software tem como eixo central o gerenciamento preciso das etapas - ainda elaboradas no planejamento de um produto, que vão desde os prazos, insumos necessários e a quantia por período de produção.

Ao realizar uma análise concisa do estoque e considerar a quantidade para a produção em determinado período, o software aponta o momento certo para adquirir mais insumos e, sobretudo, a quantidade para cada planejamento de produção.

A tecnologia presente no MRP potencializa uma atuação enxuta, sem deixar faltar suprimento ou exceder em quantidade no estoque. 

Portanto, sua presença na cadeia de produção é de extrema importância, pois se torna uma maneira de racionalizar o processo industrial de manufatura.

Como funciona o Planejamento das Necessidades de Materiais

É comum ter dúvidas nesse momento, mas estamos aqui justamente para ajudar. O MRP favorece o planejamento de materiais ao focar em 4 pilares da produção: demanda, pauta com os materiais necessários e saldo atual do estoque.

Estrutura de Produtos

Visando oferecer aos gestores um documento (ficha técnica) completo, o MRP usa a Estrutura de Produtos, também conhecida como Bill of Materials (BOM). Se trata de uma lista de materiais e insumos que compõem uma ordem de produção.

Dessa maneira, o sistema faz uma verificação, onde determina se há estoque e quais materiais ainda precisam ser comprados. A ideia aqui é fomentar um “ajuste fino” sobre o processo de produção, assegurando aos gestores que não faltará ou sobrará materiais.

Demanda de produção

Nessa etapa é considerada a quantidade de produtos comercializados e as expectativas de vendas futuras predefinidas no planejamento inicial.

Pauta com os materiais necessários

Nesse momento é criada uma lista, discriminando os componentes exigidos para que a produção possa finalizar os pedidos com eficiência e mínima margem de erros.

Saldo atual do estoque

Por fim, o MRP avalia o montante do produto em estoque e o insumo restante da produção.

A partir desses 3 fatores, ele desempenha um cálculo com extrema precisão para viabilizar novas ordens de produção. Além disso, indica também como devem ser as próximas compras de matéria-prima, considerando os níveis atuais de estoque.

Não confunda MRP com MRP II

O MRP, que é o sistema mais difundido no mercado, efetua o cálculo sobre o que deve ser produzido a partir do Planejamento de Produção. Porém, em alguns casos o sistema não aponta a capacidade da indústria de concluir a produção.

Por outro lado, há também o conceito de MRP II. Trata-se de uma solução mais robusta, composta por diferentes módulos e que integra os distintos setores de uma indústria.

Geralmente, é um software indicado para indústrias com demandas complexas e grandes cadeias de produção, que dependem de um maior número de variáveis conhecidas, a fim de otimizar ainda mais os processos.

O Methos C1, por exemplo, utiliza os mais conceituados padrões de MRP, a fim de garantir a geração do planejamento de produção. Diante disso, o sistema considera:

  • Estoques
  • Engenharia de produto
  • Parâmetros de planejamento dos iten
  • Ordens de produção em andamento
  • Pedidos de venda em carteira

Por último, são criadas as Ordens de Produção Planejadas dos Produtos Acabados e Semiacabados, tanto para os processos internos quanto terceirizados, promovendo a definição sobre o que produzir, em que quantidade e quando iniciar.

3 grandes vantagens do Planejamento de Necessidades de Materiais

1. Aquisição de informações fundamentadas

Através da integração e centralização dos processos, setores e informações, o sistema oferece sempre informações sólidas e em tempo real.

Isso garante a veracidade dos apontamentos viabilizados pela solução. Diante disso, há significativa diminuição das falhas e erros de cálculos, o que fomenta uma produção mais condizente com o planejamento.

2. Integração total dos procedimentos de produção

A fluidez na comunicação entre os setores garante maior simetria nos resultados. Por sua vez, a troca de experiências melhora a assertividade na tomada de decisão, reduz o retrabalho e eleva a competitividade da indústria.

3. Redução de custos operacionais

O desequilíbrio no estoque é um dos grandes vilões do processo industrial. Contudo, o ERP para indústrias (MRP) é capaz de contornar gargalos na aquisição de novos insumos, já que o planejamento das necessidades de materiais evita gastos indevidos.

Como sabemos, enxugar custos abre as portas para novos investimentos e, no contexto industrial, novos investimentos podem representar a atualização do maquinário, novas aquisições ou estratégias mais ousadas para ampliar a margem de lucro.

Se a sua indústria ainda não conta com um MRP, certamente passou da hora de trazer a tecnologia a bordo. Confira as funcionalidades da Solução Methos. Temos certeza de que encontrará aplicações úteis e inovadoras para sua organização!

Methos Podcast

Conheça o Podcast criado por Especialistas Consagrados em Manufatura e Gestão para Organizar sua Indústria!

Cadastre-se para receber novidades!

Sobre a Methos

Formada em 1992, a Methos funde conceitos com necessidades reais e forma soluções prazerosas de utilizar e que contribuem para a organização da sua empresa.
Conheça o C2
Todos os direitos reservados  © 2020 Methos - Software de Gestão ERP na Nuvem para Indústrias.
Clique aqui para verificar nossa política de privacidade

Conecte-se com a Gente!